Mulher Brasileira no Mundo

A mulher Brasileira é famosa no mundo por sua beleza, curvas, ritmo e sensualidade. É verdade que a nossa nacionalidade carrega esses símbolos, apesar de sermos um País de tantas caras, formas e ritmos diferentes. Definitivamente não somos todas iguais!

Falou Brasil, já se pensa em carnaval, e quando falamos de Brasileiras, parece que surge uma mulata com pouca ou nenhuma roupa na cabeça das pessoas.

Até ai, nenhuma novidade, o problema vai piorando quando as associações continuam… Mulher sensual, mulher fácil, corpo bonito, mulher estúpida, abuso, preconceitos.

Muitas vezes somos diminuídas a apenas isso, temos nossa inteligência, força, capacidade, garra e coragem negligenciadas, esquecidas.

Mas como diz a canção: “Nem toda Brasileira é Bunda!”

Sabemos que ainda na maior parte do MUNDO a mulher precisa lutar muito para mostrar o seu verdadeiro valor, quando vamos para fora do nosso País carregamos conosco um carimbo com boas e más referencias da nossa bandeira. Existe uma boa fama do brasileiro, mas também existe a péssima.

Temos um País que em sua lista de “coisas” famosas esta a MULHER, como se de fato, fôssemos COISA. Acha que é exagero? Pesquisa no Google Brazilian Women.

Não é fácil, dependendo do País que você está, pode ser ainda mais difícil, e se por um acaso você se encaixa no estereótipo de MULHERÃO, ai vai precisar realmente “sambar” para mostrar o VALOR que realmente a mulher brasileira têm!

Somos lutadoras e corajosas, como Maria Quitéria que fugiu de casa para lutar pela independência do Brasil, disfarçada de homem ou como Zuzu Angel que lutou até a morte, ou até ser morta, contra a ditadura militar e o direito de enterrar seu filho.

Somos mulheres capazes e criativas, como Tarsila do Amaral, criadora da pintura brasileira mais valorizada da história e como Chiquinha Gonzaga, primeira mulher a reger uma orquestra, além claro, de sua própria vida, trocou seu marido pela música e criou seus dois filhos sozinha e ainda tinha tempo para militar politicamente pela abolição da escravatura.

Mas nossas mulheres não estão apenas no passado, temos lendas vivas, como Elza Soares, forçada a casar aos 12 anos, mãe do primeiro filho aos 13,  viúva aos 21 anos, com 5 filhos para criar, cantora sem papas na língua, passou por cima de todo tipo de preconceito e até hoje aos 79 anos MITA com suas músicas e personalidade!

Somos fortes, determinadas e defensoras uma das outras, como Maria da Penha, que ficou paraplégica ao levar um tiro do marido enquanto dormia, e transformou sua dor e sofrimento em Luta e Lei, em defesa de todas nós mulheres.

Somos vencedoras e boas em qualquer lugar que quisermos ser, ta ai a Marta que não nos deixa mentir, eleita a melhor jogadora do mundo por cinco anos consecutivos, além de ser maior artilheira da Seleção Brasileira (contando a masculina e a feminina)… Maradona não, mas a Marta é!

Somos belas sim, como Gisele Bündchen, que mostra ao mundo, que além da beleza, somos mulheres inteligentes, elegantes e poderosas!

Somos como outras muitas  incontáveis mulheres BRASILEIRAS famosas ou anonimas, como minha mãe, e a sua mãe, como minhas avós, e suas avós, tias, primas, amigas…

Quantas mulheres deveriam fazer parte desse texto!!!

Eu também!

E VOCÊ!

Ofereço todo meu respeito e admiração a todas as mulheres BRASILEIRAS que estão pelo mundo, indo atrás dos seus sonhos, batalhando, lutando por seus filhos, famílias, por seus ideais, por seu espaço!

Dedico especialmente esse texto a minha mãe Valdete, minha vó Maria e minha vó Alice (em memória), minha irmã Lyvia, minha cunhada Paula, primas, tias e minhas amigas e irmãs de vida, que me apoiam e me incentivam a buscar os meus sonhos!

E a você querida, que me acompanha aqui no REALizeVOcÊ!

Gostou? Compartilhe ou marque aquela mulher que devia fazer parte desse texto! Curte, comenta, afinal todo dia é nosso!

Se você é mulher e quiser compartilhar sua história comigo ou quiser meu apoio nessa jornada, saiba que me deixará verdadeiramente honrada!

Com Amor,

Luana Cezar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *