A famosa e perigosa Carência!

dependenciaemocionalpareja

Já ouviu falar em Dependência emocional??

Será que sou um dependente?

De repente você se vê longe de tudo e de todos, e bate aquela carência…

Você precisa de alguém, mas do que um amigo que se importe, você precisa de um amigo que te de carinho e atenção especial, sempre que você precisar, isso é, sempre!!!

Você é capaz de fazer quase tudo para agradar o outro,  mesmo que isso seja um sacrifício para você.

Busca sempre estar em um relacionamento,  só para ter alguém,  mesmo que não te faça assim tão bem!

Se está em um relacionamento, espera que a pessoa supra todo o amor de que precisa, preencha todas as lacunas, agora o namorado ou namorada, cumpre multifunções, é amigo, pai, mãe, irmão, cachorro, papagaio e periquito… E ainda assim,  falta, você sente que não  recebe amor suficiente…

Se aquela amiga ou amigo do Brasil não te atende ou nunca tem tempo pra você, o mundo desmorona, e por mais que você conheça um milhão de pessoas no seu novo País, não é a mesma coisa.

Você precisa de alguém para tomar suas decisões, a roupa que vai usar, se escolhe um curso ou outro, se muda ou não de trabalho.. Enfim de grandes a pequenas decisões, você não consegue sozinha.. Precisa de conselhos!

As vezes você sente que não merece e se pergunta: O que tem de errado comigo?

Além de tudo isso, você ainda se sente culpada! E começa a caçar o que fez de errado,  e o que precisa fazer para ser querida.

O que nomeamos como carência as vezes encobre uma coisa muito maior, uma dependência emocional, que faz com que as relações não fluam de forma saudável!

Quando vamos morar em outro País,  nos separamos de nossos melhores amigos e de nossa família..  Parece que fica um buraco sem fundo, e começa uma busca um tanto perigosa por preenchimento desse vazio imenso.

Sentir -se carente as vezes é normal, principalmente quando se está distante das pessoas de maior referência que temos na vida, mas é preciso observar com cuidado para saber se a coisa não está passando dos limites!

A dependência emocional é tão perigosa quanto uma dependência química e pode levar a pessoa a se colocar em situações de risco, para ter aquela atenção ou amor de que tanto precisa..

Em situações menos extremas ela ainda é capaz de prejudicar a sua capacidade de ser feliz!

Como diz Osho: “Se você é capaz de ser feliz quando está sozinho, você aprendeu o segredo de ser feliz”. 

Só quando estamos bem com nós mesmos,  somos capazes de ter relações saudáveis!

Se você se identificou com as situações acima, não se desespere! Você alcançou o primeiro passo para a mudança!!!

A CONSCIÊNCIA

Só podemos fazer algo em relação aos nossos problemas,  quando temos consciência de que temos um problema!!! Reveja suas relações!

DESFRUTE DA SUA PRÓPRIA COMPANHIA

Agora é hora de olhar para você, busque se reconhecer e fazer coisas por você mesmo,  dedique algo de tempo para estar em sua própria companhia! Vá andar, tomar um café,  ou fazer qualquer coisa que você goste muito, mas as vezes, não convide ninguém!

A DECISÃO É SUA!

Se arrisque e desafie a tomar decisões sem consultar ninguém,  consulte você! se faça perguntas, e faça o seguinte exercício:  se um amigo meu, nessa situação, pedisse meu conselho,  o que eu diria?

BUSQUE SUPRIR SUAS NECESSIDADES

Você precisa saber o que precisa, ter clareza das suas próprias necessidades e não colocar tudo nas mãos do outro! Você não veio ao mundo para fazer ninguém feliz,  esse é um trabalho individual,  cada um de nós deve ser feliz por si! Isso não significa não se relacionar, se fechar para o mundo ou ser egoísta, isso é ser saudável!  Você só irá encontrar uma relação que atenda as suas necessidades se você as conhecer, se não qualquer coisa serve!

BUSQUE AJUDA, NÃO CONSELHOS!

As vezes precisamos de ajuda para entender e mudar a nossa vida, isso não te torna fraco ou dependente,  isso te liberta! Escutar mil conselhos só te faz testar aquilo que é bom para o outro,  sem descobrir o que realmente é bom para você!  Isso se alcança pelo auto conhecimento,  desenvolvimento pessoal,  busque uma terapia, ou outras inúmeras ferramentas para se conhecer melhor!

Isso fez sentido para você???  Compartilhe comigo, vou me sentir feliz em responder seu  e-mail ou comentário! Gostaria de ajudar também? Junte-se a mim nessa corrente do bem, compartilhe com as pessoas,  curta e comente,  você pode ser canal para uma grande transformação!  É isso que me motiva a escrever para você!

Gratidão

Sua parceira de jornada

LUANA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *